Mais de 260 mil pessoas vão ter acesso a novos canais de TV Digital


Autorizações do Ministério das Comunicações alcançam as regiões Nordeste, Sudeste e Sul


Agência Gov | Via MCom 

Mais de 260 mil pessoas vão ter acesso a novos canais de TV DigitalFoto: Divulgação/MCom
Minas Gerais lidera em número de cidades contempladas, com quatro localidades agora aptas a transmitir sinal digital

O Ministério das Comunicações autorizou nesta quarta-feira (24/4) novos canais a executarem o serviço de Retransmissão de Televisão em 11 cidades brasileiras, levando mais variedade de TV Digital com qualidade para mais de 260 mil pessoas. As portarias com as autorizações foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU).

Minas Gerais lidera em número de cidades contempladas, com quatro localidades agora aptas a transmitir sinal digital. No estado, essa medida beneficiará aproximadamente 87.024 moradores das cidades de Dionísio, Guaxupé, Cachoeira de Pajeú e Medina.

Já no Acre, duas localidades foram incluídas no programa: Sena Madureira e Rodrigues Alves, proporcionando acesso às transmissões televisivas para os mais de 50 mil residentes do estado.

Além disso, as cidades de Solânea, na Paraíba, e Itapoá, em Santa Catarina, também foram beneficiadas com mais variedade de conteúdo de TV Digital.

Para fazer uso do serviço, as entidades autorizadas devem obter a autorização de uso de radiofrequência junto à Anatel e solicitar o licenciamento da estação.

Mais opções

O serviço tem a finalidade de retransmitir, de forma simultânea ou não, os sinais de estação geradora de televisão, fazendo com que os sinais das estações geradoras sejam recebidos em locais onde não são alcançados diretamente ou atingidos em condições técnicas inadequadas. As emissoras autorizadas a executar os serviços de Retransmissão de Televisão (RTV) poderão retransmitir os sinais oriundos de estações geradoras de TV comercial ou educativa.

As autorizações para o serviço de RTV podem ser concedidas em caráter primário, onde o canal possui proteção contra interferências, ou em caráter secundário, sem proteção contra interferências.

Por Ministério das Comunicações (MCom)

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos