Circula Vidro se instala em Brasília para levar educação ambiental a todas as regiões do país

Entidade Gestora da Reciclagem de Vidro quer Ampliar Economia Circular de Resíduos Sólidos no Brasil, por Meio de Programas Educativos 

Criada a partir do esforço conjunto das associações setoriais e impulsionada pelo Decreto Federal n.11.300, de dezembro de 2022, a Circula Vidro escolheu Brasília para sua sede nacional. Primeira entidade gestora exclusiva para o vidro no país, irá atuar principalmente difundindo programas ambientais para acelerar a reciclagem do vidro, ampliar a visibilidade do conceito de economia circular e reduzir os impactos dos resíduos sólidos no meio ambiente.

Sua meta principal é elevar a 40% a reciclagem anual das embalagens de vidro, no Brasil, atingindo essa meta até o ano de 2032. Entre as categorias de materiais secos recuperados, o vidro integra 11%, o menor percentual se comparado a outras categorias como papel e papelão (39%), plástico (24%), e metal (12%). “A cada quilo de vidro recolhido, pode-se produzir um quilo de vidro para voltar ao consumo. O vidro é um protagonista da reciclagem de resíduos sólidos”, destaca o CEO da Circula Vidro, Fábio Ferreira.

Formada pelas associações Abividro (Associação Brasileira das Indústrias de Vidro), Abrabe (Associação Brasileira de Bebidas) e Sindicerv (Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja), a Circula Vidro é uma entidade de direito privado, mas com claros objetivos ambientais e sociais que beneficiarão toda a população.

Resíduos sólidos em números

Dados divulgados pelo Sistema Nacional de Informações sobre a Gestão dos Resíduos Sólidos (Sinir+) coletados em 2019 apontam que apenas 70,37% dos Estados possuem Planos Estaduais para Resídios Sólidos e 2.487 municípios (o equivalente a 44,65% dos locais pesquisados) possuem Plano Municipal sobre o tema. 

Stéfane Rodrigues

Jornalista, atriz, modelo e miss.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem