Psicopedagoga clínica lança formação sobre como trabalhar a inclusão escolar na perspectiva da inclusão

A importância da atualização dos educadores nas escolas para exercer a inclusão é fundamental para garantir que todos os alunos tenham acesso a uma educação de qualidade, independentemente de suas habilidades, necessidades ou características individuais. De olho neste cenário, a psicopedagoga clínica Bete Chiarella, que conta com 35 anos de experiência em trabalho docente gestão escolar e atendimento a crianças e adolescentes com dificuldades de aprendizagem em diversas esferas, lança o curso O “reconstruir” do cotidiano escolar na perspectiva da inclusão, com duração de 6 horas e cujo objetivo é dar condições para que os educadores trabalhem com a inclusão de maneira eficaz, acolhedora e na perspectiva da inclusão. As inscrições podem ser feitas no link da bio do instagram @bete.chiarella ou pelo telefone (11) 99385-9276. Os encontros serão on-line, pela plataforma Google Meet, com horários e dias a combinar. Será fornecido certificado.

Bete Chiarella

“A atualização dos educadores ajuda a promover a diversidade e a equidade na educação, capacitando-os a reconhecer e valorizar a singularidade de cada aluno e a criar um ambiente escolar que celebre a diversidade e respeite as diferenças”, afirma Bete Chiarella. Na formação, que tem 6 horas de duração, será abordado, entre outros aspectos, o conhecimento sobre necessidades diversas. “Os educadores precisam estar atualizados sobre as diferentes necessidades e características dos alunos, incluindo alunos com deficiência, dificuldades de aprendizagem, habilidades excepcionais, origens culturais diversas, entre outros. A atualização constante ajuda os educadores a entenderem melhor como atender às necessidades específicas de cada aluno”, explica Chiarella.

Outro ponto importante que será abordado na formação, segundo a psicopedagoga, é a importância das estratégias de ensino inclusivas, já que a atualização dos educadores é essencial para desenvolver e implementar planos que atendam às necessidades de todos os alunos em sala de aula. “Vamos tratar sobre como adaptar materiais didáticos, como utilizar as tecnologias assistivas e como fazer a implementação de práticas pedagógicas diferenciadas”, completa.

A atualização dos educadores, segundo Bete Chiarella, também promove a sensibilidade e a empatia em relação às experiências e desafios enfrentados pelos alunos diversos. Isso, segundo a especialista, é essencial para criar um ambiente escolar acolhedor e inclusivo, onde todos os alunos se sintam valorizados e respeitados. “Também temos que levar em conta que a atualização dos educadores facilita a colaboração e o trabalho em equipe com outros profissionais, como psicólogos escolares, terapeutas ocupacionais e fonoaudiólogos, para garantir o apoio adequado aos alunos com necessidades especiais”, defende.

Inscrições e informações: (11) 99385-9276



Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
Comper
Sesc
Bio Caldo - Quit Alimentos